piscinao sbc (2).jpg

São Bernardo

Prefeito Orlando Morando e governador João Doria anunciam início das obras do piscinão Jaboticabal

Obras terão investimento de R$ 131,9 milhões, com previsão de conclusão em 18 meses; conquista foi um pedido da prefeitura e da deputada Carla Morando

Depois de 10 anos de espera, o Governo do Estado publicou na quinta-feira (06/05) a homologação da licitação que vai garantir o início das obras do piscinão Jaboticabal. O reservatório será construído próximo ao km 13 da Rodovia Anchieta, entre os ribeirões dos Couros e dos Meninos, em território pertencente à cidade de São Paulo, na divisa entre São Bernardo e São Caetano. O anúncio oficial ocorreu durante encontro do governador de São Paulo, João Doria, e do prefeito de São Bernardo, Orlando Morando.
As obras ficarão sob responsabilidade do Consórcio RAC Jaboticabal, formado pelas empresas Passarelli Engenharia e Construção e Planova Infraestrutura, com investimento de R$ 131,9 milhões. A previsão é de que a obra seja concluída em 18 meses.
“Foi um projeto que ganhou força quando tivemos o triste episódio das enchentes na região do ABC Paulista em 2019. Esta obra vai resolver o problema das enchentes na nossa região. Agradeço a deputada estadual Carla Morando, que esteve ao nosso lado, lutando para que este projeto pudesse ser idealizado e iniciado. Trata-se de uma obra da qual se fala há 10 anos, mas que começa agora na gestão do governador João Doria”, pontuou Morando.
Quando concluído, o piscinão deve ocupar área de 166,9 mil metros quadrados e ter capacidade para absorver 900 mil metros cúbicos de água, sendo o maior do Brasil. Cerca de 500 mil moradores das três cidades são diretamente beneficiados. “É uma boa notícia para quem mora nesta região. Nós dois iniciamos isso há um ano e meio e agora, finalmente, conseguimos aprovação e teremos o início da obra para permitir que os problemas das enchentes no período de verão sejam sanados definitivamente”, completou o governador João Doria.

RIBEIRÃO DOS COUROS

O piscinão receberá diretamente a água dos córregos Oratório e Jaboticabal, além do Ribeirão dos Couros, cujo projeto de canalização está em andamento em São Bernardo e compreende 2.050 metros entre o Corredor ABD até a Avenida Piraporinha. As obras têm investimento de R$ 34 milhões, com recursos da Prefeitura e da União. A canalização será feita em modelo de gabião aberto, similar ao que foi empregado no Córrego Saracantan, na Avenida Pery Ronchetti, no Centro.

piscinao sbc (1).jpg