210617_Joanin 005.jpg
logo ultima hora.jpg

São Bernardo

Rede Joanin escolhe São Bernardo para receber centro de distribuição que vai gerar 250 empregos

Prefeito Orlando Morando visitou, na quinta-feira (17/6), canteiro de obras da unidade, que recebe investimento de R$ 35 milhões e vai unificar operações do grupo Joanin a partir de 2022

A rede de supermercados Joanin em São Bernardo faz a construção de seu centro de distribuição, na unidade que unificará a operação do grupo, hoje dividida em quatro depósitos no ABC Paulista. A empresa realiza investimento de R$ 35 milhões no espaço, localizado no Km 17,5 da Via Anchieta, e que deverá ser inaugurado em 2022. A expectativa é a de que pelo menos 250 novos postos de trabalho diretos sejam gerados na cidade.

Em visita ao canteiro de obras do centro de distribuição, na quinta-feira (17/6), o prefeito Orlando Morando destacou que a chegada de investimentos já sinaliza uma retomada econômica no município, após os impactos gerados pela pandemia causada pelo Coronavírus. “Atravessamos um momento muito difícil não só na saúde, como também do ponto de vista econômico, mas estamos confiantes de que teremos um futuro próspero em São Bernardo pós-pandemia. Compromisso é continuar trabalhando para atrair cada vez mais investimentos para a cidade de São Bernardo e, o que é mais importante, mais emprego e renda para a população”, diz Orlando.

A visita contou com a participação do secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia, Trabalho e Turismo, Hiroyuki Minami, e do secretário de Obras e Planejamento Estratégico, Luciano Eber, além do diretor comercial da rede Joanin, Alécio Castaldelli, e do gerente de expansão da marca, Rubens Castaldello Júnior. “Vamos ter 20,4 mil m² de área construída nesse espaço, o que permitirá unificar nossos centros de distribuição, que hoje estão em Santo André e São Caetano, e também todo o setor administrativo. É uma excelente localização e ótima oportunidade de negócios”, ressalta Castaldello Júnior.

MAIS INVESTIMENTOS – São Bernardo recebeu outros anúncios de investimentos nos últimos dias, entre eles a chegada da Havan, que abrirá as portas de sua loja na cidade em agosto, gerando 200 novos empregos. A Sanca Galpões também escolheu o município para a instalação de seu segundo Centro Logístico, denominado Imigrantes 2, com investimento de R$ 150 milhões em 2022, e que vai gerar cerca de 2.000 empregos.

Na quinta-feira (17/6), São Bernardo ganhou a loja da rede Oba Hortifruti, instalada na Avenida Francisco Prestes Maia. A unidade recebeu R$ 10 milhões em investimentos e propiciou a criação de cerca de 100 novos postos de trabalho no município.

NOVOS NEGÓCIOS E EMPREGOS – Entre 1 de janeiro a 26 de maio de 2021, São Bernardo registrou saldo positivo de 5.262 empresas abertas no município. A cidade também ostenta saldo positivo na geração de postos de trabalho formais, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Foram criadas 409 vagas líquidas com carteira assinada em abril, o melhor resultado para o período desde 2013.

POLÍTICA DE INCENTIVOS – Desde 2017, a Prefeitura de São Bernardo vem desempenhando diversas ações de fomento à economia e novos negócios, tanto que a cidade foi considerada a 7ª melhor do País no Índice de Cidades Empreendedoras 2020, elaborado pela Endeavor em parceria com a Escola Nacional de Administração Pública (Enap). Entre as ações desempenhadas pela Administração, destaque para capacitação gratuita por meio dos programas Emprega São Bernardo e Qualifica + SBC, crédito simplificado por meio de parceria com o Banco do Povo Paulista, do governo do Estado, além de incentivos fiscais, como é o caso do Certificado de Licenciamento de Atividade Domiciliar (CLAD), criado para fomentar o desenvolvimento da economia local.

210617_Joanin 021.jpg